10 exercícios para ter a barriga chapada

O projeto barriga chapada é desejo da maioria das pessoas, que sonham em poder usar uma calça mais baixa, usar o biquíni na praia ou mostrar a barriga ao utilizar uma blusa mais curta.

Para conseguir desfilar com um corpo definido e mostrar a barriga chapada por aí é preciso focar em alguns processos para que os resultados apareçam. Como todo mundo que deseja emagrecer é preciso manter uma dieta restritiva, mas principalmente é importante praticar uma atividade física.

É possível uma barriga chapada em uma semana, porém, é preciso ter um intestino regulado e manter a alimentação equilibrada, desta forma, é notório observar como o volume desta região diminui, principalmente quando existe uma disciplina por parte do interessado.

1

Alimentação equilibrada para uma barriga sequinha

Com o cuidado e com alimentação e o exercício, de início, antes de fazer exercícios para barriga, é necessário estar de olho no seu prato, portanto, exclua as frituras, não coma doce em exagero e evite consumir bebidas com gás. Todos estes alimentos são responsáveis pelo estufamento da região abdominal e ainda pode facilitar o armazenamento da gordura ruim para seu corpo.

Ao diminuir os carboidratos também é possível ver as mudanças na região do abdômen, principalmente quem deseja uma barriga chapada em pouco tempo, já que uma semana com consumo moderado destes alimentos a barriga muda, pois o corpo automaticamente vai usar a energia acumulada transformada em gordura.

4

Além disso, tem também os alimentos que prejudicam o desejo da barriga lisinha, mas também tem aqueles que facilitam a conquista da barriga tanquinho.

Entre os alimentos, podemos destacar:

  • Amêndoas;
  • Aveia instantânea;
  • Azeite extravirgem;
  • Carnes magras, peito de peru.
  • Cereais Integrais;
  • Feijões;
  • Frutas vermelhas, como morango e mirtilo;
  • Laticínios, leite desnatado, queijo cottage.
  • Ovos;
  • Proteína em pó;
  • Verduras como espinafre, rúcula, alface-romana.

Horários das refeições

Para dar certo é preciso seguir o cronograma e alimentar corretamente, fazendo uma refeição, pela manhã, um lanche, o almoço, outro lanche e o jantar. O importante é comer a cada três horas, pois ao manter-se alimentada facilita a queima da gordura e ainda ensina o seu corpo a queimar a gordura facilitando conquistar uma barriga magra e definida.

5

No cardápio para emagrecer

A bebida também merece atenção, pois é preciso diminuir as alcoólicas e com açúcar por sucos naturais, chás e não se esquecer de tomar muita água.

Os alimentos com sódio também precisa ser excluído, pois o sal ocasiona a retenção de líquidos e pode piorar celulite, garantir o inchaço e ocasionar edemas.

Para ganhar uma barriga sarada rápido é preciso facilitar o trato intestinal, assim reduzir a gordura corporal. Para auxiliar aposte em frutas, linhaça e aveia e consuma os alimentos que apresentam fibras.

Corpo em movimento, barriga definida

Apesar de a alimentação ser importante, com esta parte esclarecida é preciso dar importância para os exercícios.

2

A atividade garante bons resultados e são eficazes para diminuir a gordura, portanto, malhe pelo menos alguns dias da semana e opte pelas atividades aeróbicas (natação, caminhada e pedal), para diminuir a barriga.

10 Exercícios para barriga chapada

Separamos 10 exercícios que vão lhe ajudar para buscar aquela barriga chapada e negativa que sempre sonharam.

1 – Prancha frontal

Fique de bruços, mantendo os cotovelos no chão seguindo a linha do cotovelo. No exercício para exercitar a barriga, faça o movimento de elevar o tronco, contraindo a região. Na atividade eleve o corpo deixando reto, mas evite levantar os glúteos ou quadril. Fique por cinco a 10 segundos e faça novamente seis vezes.

2 – Elevação lateral de pernas

Com a coluna reta e na posição de lado as pernas ficam juntas da outra. Use uma mão e apoie na cabeça enquanto a outra fica a frente do tronco. Levante as pernas sem separar e solte com leveza. No exercício a barriga é trabalhada, pois contrai a parte lateral do abdômen. Para quem deseja que o treino fique mais intenso use as caneleiras. Para atividade faça duas ou três séries de 12 a 15 vezes para cada lado.

3

3 – Ponte

No colchonete com a barriga para cima, apoie os pés no chão, mas de forma flexionada, deixando o bumbum sem apoio, somente utilizando os pés e os ombros. Os braços ficam no chão e perto do corpo. Na posição indicada eleve o quadril e volte devagar. Faça três séries de 15.

4 – Elevação com joelhos dobrados

Além de ajudar na luta da barriga lisinha, este exercício ajuda quem tem problemas nas costas. No colchonete com a barriga para cima, o joelho precisa ser flexionado na direção do peito, mas deixando os pés para cima. No exercício faça de três a seis séries com 20 repetições ou intensifique a atividade com 20 repetições com total de três séries com 30 segundos.

5 – Prancha lateral

Deitada de lado com apoio no braço próximo ao chão, o braço que estiver acima, deve estar esticado perto do corpo. Mantenha o corpo estendido e as pernas com apoio no chão. Para exercitar-se abaixe o quadril perto do chão e depois levante por trinta segundos. Faça duas séries de 10 ou três de 15, conforme seu condicionamento.

6

6 – Elevação de pernas e tronco

No chão com a barriga para cima e o corpo ereto, deixe as pernas esticadas e perto. Suba o tronco e as pernas até que fique sentada, mas usando como apoio somente o bumbum. Para atividade funcionar deixe abdômen contraído, as costas retas e mãos na altura do joelho. Fique na posição por cinco ou 10 segundos e repita seis vezes.

7 – Agachamento

Para definir o abdômen o agachamento não pode faltar na lista. Para atividade deixe as pernas e pés afastadas e fique reta. Com braços esticados faça o movimento onde o quadril passa a linha do joelho deixando os pés apoiados no chão.

8 – Elevação das pernas unidas

Com a barriga para cima, deixe as mãos debaixo do quadril usando o seu corpo para apoio. Com as pernas para cima, faça um ângulo de 90 graus e fique na posição por 30 segundos ou então opte por fazer duas séries de 10 ou três de 15, levando a perna perto do chão, mas sem encostar.

7

9 – Flexão lateral

Em pé com eles afastados, use um halter e faça a flexão para lateral que não tem o peso. Para uma barriga sarada, faça duas ou três séries de 15 a 20 para cada lado.

10 – Elevação das pernas unidas

Contraia o abdômen e desça devagar as pernas perto do chão e depois volte para posição inicial. Para intensificar use caneleiras ou não deixe os ombros no chão. Faça de duas a três séries de 10 a 15 vezes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *