Barriga Tanquinho, Como ficar com uma Barriga Sarada?

Não é impossível conquistar aquela barriga tanquinho, já que o músculo abdominal pode ser trabalhado de inúmeras formas. Para acabar com os quilinhos extras é importante dedicar-se as atividades físicas, mas também ter uma dieta equilibrada, portanto, não adianta malhar ou fazer várias abdominais por dia, se cuidar da sua dieta, é possível conquistar uma barriga chapada.

6

Segredos da Barriga Tanquinho

O segredo da barriga chapada é a alimentação, pois com uma dieta adequada é possível garantir uma boa base para o seu organismo. Conforme estudos é possível observar que a deficiência nutricional e os péssimos hábitos a mesa como consumo exagerado de gorduras saturadas, carboidratos simples e sódio podem trazer mudanças que refletem na saúde e na estética, com isto a maior parte do incomodo e os resultados mais comuns é o acúmulo de gordura na região abdominal.

Barriga Tanquinho

Separamos um guia completo com diversas dicas para ter a tão sonhada Barriga Tanquinho.

Com isto a alimentação é praticamente uma base para um corpo perfeito, já o restante para completar gira em torno dos exercícios, não adianta ter um programa de treinamentos intenso se a pessoa não apresenta uma alimentação controlada.

Diante disso, para quem deseja secar e eliminar a gordura abdominal é preciso escolher corretamente quais alimentos consumir. É importante incluir na mesa, verduras, legumes, frutas e alimentos de fácil digestão. Para facilitar o funcionamento do intestino e melhorar a sensação de abdômen estufado o correto é aumentar o consumo de fibras, além de tomar bastante água.

Com o organismo hidratado é possível eliminar as toxinas e melhorar a retenção hídrica fazendo com que diminua o inchaço abdominal. Além disso, as gorduras mono e poli-insaturadas quando consumidas em doses adequadas ajuda a diminuir a gordura abdominal, pois garante oxidação dos ácidos graxos (gorduras) e reduz o índice glicêmico dos alimentos.

Quais alimentos consumir

Na lista dos alimentos que pode ajudar a conquistar um corpo escultural é preciso incluir verduras e legumes, mas os itens como couve-flor, couve-manteiga, couve-de-bruxelas, repolho e brócolis, pode causar gases e volume abdominal. Esta dica também vale para as leguminosas em geral (feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico e soja). Aqueles que for consumir precisa deixar estes alimentos de molho na noite anterior ao preparo, e no outro dia é preciso joga fora essa água e lavar bem os grãos em água corrente e usar uma nova água para cozinhar.

5

Em relação as gorduras, as boas que pode estar na alimentação inclui o  azeite de oliva extra-virgem (2 colheres de sopa/dia), abacate (1/2 unidade/dia), oleaginosas como castanha do pará (3 unidades/dia) e amêndoas (4 unidades/dia), e óleo de coco (2 a 3 colheres de sopa/dia.

As frutas devem ser consumidas frescas ou secas sem açúcar, leite condensado ou creme de leite. As carnes devem ser magra/boi, sem gordura aparente, peixe ou frango sem pele e os carboidratos integrais. Na hora de preparar as refeições procure fazer com que ela seja fracionada, neste caso, coma em menor quantidade, mas várias vezes no dia, lembrando sempre de mastigar bem os alimentos.

Eliminar gordura abdominal

Para facilitar a perca da gordura, veja quais alimentos é preciso reduzir:

  • Carboidratos simples como: farinhas brancas, arroz branco, massas, pão, doces. Eles possuem alto índice glicêmico, e aumenta a insulina o hormônio que estimula estocar gordura.
  • Sódio: o sódio está presente nos alimentos industrializados, portanto, eles podem causar retenção hídrica, o ideal é aprender a comer sal moderadamente.
  • Alimentos gordurosos: se possível evite queijos amarelos, além das frituras.
  • Açúcar: as bebidas com gás como refrigerante, águas com gás, cerveja, bebidas alcoólicas e os doces.

Quais exercícios devo fazer para ter barriga tanquinho

Para acabar com o excesso de peso e ganhar uma barriga tanquinho é preciso levar estes dois juntos, portanto, para definir o corpo é preciso ter uma diminuição da gordura corporal, por meio do controle da alimentação com isto é preciso investir em treinamentos intenso, focado no gasto calórico e que garanta o fortalecimento muscular.

O indicado é apostar nas atividades que sejam de alto gasto calórico e são feitas com intervalos de alta intensidade, pois garante efeitos mais rápidos, principalmente para quem deseja perder a gordura na região abdominal.

3

Para notar os resultados, o ideal é que a atividade física seja feita três vezes por semana, além disso, todos os treinos de alta intensidade precisam ser orientados conforme o limite de cada pessoa.

Mas além de um cardápio balanceado e atividade física constante é importante reduzir o estresse. Pois o hormônio aumenta a produção de cortisol (estimula as enzimas responsáveis do acúmulo de gordura). Para conseguir relaxar, procure consumir alimentos que diminua a ação no organismo (chá verde) e intercale as refeições de três em três horas.

Para as atividades físicas procure algo que lhe agrade, como futebol, vôlei, basquete entre outros. Nas opções de treinos eficientes tem o kettlebell training (condicionamento físico extremo) e rope training (exercícios com cordas navais) que ajudam a perder a gordura na região abdominal de forma rápida.

2

Já as abdominais elas ajudam, porém, não trazem efeitos sozinhos, pois sua intensidade é baixa assim como o gasto calórico, portanto, para conseguir definir o abdômen é preciso gastar calorias, por isto, foce nas atividades que trabalham todo o corpo. O ideal é fazer uma variedade de abdominais, mas também é preciso trabalhar a musculatura lombar, lembrando que a perda de medidas na região abdominal ocorre com a redução da gordura localizada na área.

Para isto, aposte em atividades aeróbicas em geral, como caminhada, corrida, ciclismo, natação, além de atividades físicas de maior intensidade como musculação, pedalada, pilates, ginástica, lutas, tênis, circuito entre outras.

1

No geral toda atividade física deve sempre ser iniciada em uma intensidade mais baixa e depois seguir para uma intensidade alta, porém, para que funciona adequadamente é indispensável o acompanhamento de um profissional, independentemente da atividade física, pois ao escolher uma atividade é importante ter uma orientação profissional para se exercitar.

Além disso, é preciso acrescentar que a atividade física regular deve estar sempre aliada a uma boa hidratação e alimentação, assim como roupas e calçados adequados à atividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *