Flexibilidade e Alongamento – Qual a diferença?

É comum as pessoas confundirem a diferença entre flexibilidade e alongamento, uns acham que é sinônimos outros até confundem os termos, mas ambas tem haver com a região muscular. Vamos aqui explicar a diferença das duas. flexibilidade-e-alongamento-qual-diferenca

Flexibilidade e Alongamento

Flexibilidade é uma capacidade física, assim como a velocidade, agilidade e força. Observa-se que algumas pessoas têm maior flexibilidade do que outras. Essa qualidade física pode e deve ser incrementada.  Portanto se a flexibilidade de um indivíduo é restrita, há solução para tal.

Esta flexibilidade pode ser de duas formas:

Ativa – é a máxima amplitude que se pode obter através de movimentos efetuados pelos músculos de forma voluntária.

Passiva – é a máxima amplitude articular que se consegue em um movimento através de uma ação de uma segunda pessoa, aparelhos, força da gravidade, etc.flexibilidade-e-alongamento-qual-diferenca

Benefícios da Flexibilidade

Ter uma boa flexibilidade previne lesões como torções, estiramentos e rupturas.  Uma articulação que tem músculos flexíveis assessorando nos movimentos é capaz de suportar cargas altas e tensão nos tendões e fibras musculares sem romper. Pessoas com pouca flexibilidade tendem a machucar mais frequentemente as articulações e musculatura justamente por não fazerem alongamentos.

Boa postura: a flexibilidade permite ao corpo manter o equilíbrio dos músculos anteriores e posteriores resultando numa postura mais alinhada.

Outro benefício da flexibilidade é a ausência de tensão muscular. Músculos flexíveis não causam contraturas involuntárias e inflamações devido ao excesso de tensão. Hoje, procuram-se muito médicos ortopedistas em busca de alívio para dores nas costas e pescoço devido a contraturas musculares.flexibilidade-e-alongamento-qual-diferenca

Alongamento é a técnica utilizada para aumentar a flexibilidade. Alongamento para as pernas, tronco, pescoço e etc. são algumas técnicas entre muitas conhecidas no mundo dos esportes e afins.

Estiramento: pode ser feito, sozinho, com um parceiro ou em equipamento. Deve-se alongar até atingir o limite dos arcos de movimento. Existem três tipos:

  • Passivo: consiste em manter a amplitude do movimento durante vinte segundos, ou mais, se for relaxando com o tempo.
  • Ativo: consiste em alongar até perto do limite e dar pequenas forçadas (nº de repetições). Se fizer muitas repetições o trabalho irá se transformar num flexionamento.
  • Misto: consiste em forçar até perto do limite, fazer quatro repetições e depois segurar mais quatro segundos no ponto máximo atingido. É a forma de alongamento mais adequada para se usar de alongamento.

Suspensão: são trabalhados os músculos e os ligamentos, as articulações não apresentam movimento. Consiste em se pendurar e ficar suspenso, por no máximo vinte segundos

Soltura: consiste em balançar os músculos, muito tradicional em nadadores, que balançam o tríceps.

Devemos alongar para aumentar ou manter um nível adequado de flexibilidade que se aplique à nossa necessidade diária.

Os movimentos de alongamento normalmente trazem calma e relaxamento àqueles que os praticam. Os benefícios são sentidos após a primeira sessão e se acumulam na medida em que o aluno repete as técnicas semanalmente.flexibilidade-e-alongamento-qual-diferenca

Algumas dicas para prática de alongamento:

  • Permaneça mais que 20 segundos em cada posição;
  • Procure não mover-se ou balançar-se durante o exercício de alongamento;
  • Respire todo o tempo. Pode parecer absurdo citar essa dica, mas segurar a respiração é um mito ainda muito utilizado e em nada ajudará na sua prática de exercícios (a não ser que você esteja alongando embaixo d’água!);
  • Existe um limiar bem sutil entre alongar e machucar-se. Procure uma posição onde sinta o músculo alongando e não haja dor. A dor é um sinal de que os músculos, tendões e articulação chegaram ao limite;
  • Mantenha atenção na região que está sendo alongada.

Dedique ao menos duas vezes na semana aos alongamentos. Sessões de meia hora farão toda a diferença na melhoria da sua flexibilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *